DÚVIDAS

DÚVIDAS FREQUENTES

A SUIPA responde aqui as dúvidas mais frequentes enviadas pelos internautas.

 

Animais em condomínios

ESTOU ME MUDANDO PARA UM EDIFÍCIO QUE DIZ SER PROIBIDO TER ANIMAIS. O QUE DEVO FAZER?

Inicialmente não existe qualquer lei municipal, estadual ou federal que proiba alguma pessoa a ter animais em sua residência. Se você mora em um edifício ou condomínio de casas e, no "regulamento do condomínio" diz ser proibido ter animais, entenda que:
"È proibido se ter animais no CONDOMINIO" ( e não dentro do seu imóvel ou do imóvel que você alugou, certo?). Você não poderá soltar seu animal de estimação nos corredores do edificio, nem no playground, nem no salão de festas, nem na portaria, nem na garagem, nem na piscina, nem na área da churrasqueira e nem em outra área de uso comum aos moradores do condomínio. Entretanto, você tem o seu direito de "ir e de vir", pela Constituição Brasileira, lei máxima no Brasil. Isso significa que você poderá sair do seu apartamento com seu cão, por exemplo, na coleira e corrente (guia), em direção à rua. Você tem o direito de fazer o trajeto do seu apartamento até a rua com seu animal. Se você for utilizar o elevador, escolha sempre o elevador de serviço e, mesmo que haja um outro morador naquele elevador, sugerimos que questione a pessoa se ela se importa que você desça também, no mesmo elevador, com seu animal de estimação. Caso ela se importe, seja educado (a) e espere pelo próximo. Se seu animal for de porte médio para grande, sugerimos que transite tanto no elevador quanto até a saída do edifício com seu animal na coleira, corrente/guia e com uma focinheira para que os outros moradores se sintam mais tranquilos. O seu direito acaba quando começa o do outro! Nunca se esqueça disso!!!Você também deverá cuidar para que seu animal não prejudique os outros moradores como por exemplo: ficar sozinho por você ter viajado final de semana, falta de limpeza acarretando forte odor desagradável de urina e fezes, "sacudida" de tapetes e panos pela janela com pêlos, latidos incessantes por motivo de solidão, de fome ou de algum tipo de dor etc.... A SUIPA orienta para que os animais sejam esterilizados e tenham uma vida saudável, com passeios diários para reduzir a ansiedade e a depressão.

A SUIPA tem um programa chamado SINDICO LEGAL, PERMITE ANIMAL. Há anos a SUIPA cadastra os animais em apartamentos gratuitamente. Se você mora no Rio de Janeiro, telefone para a SUIPA para saber como proceder com seu síndico que está "enfurecido" porque você adotou um animal. Pode trazer cópia das carteira de vacinação atualizada do seu animal, uma foto de seu animal com você e com seus filhos e um atestado do veterinário que atende seu animal, informando que ele está em perfeita saúde, sem qualquer tipo de zoonose que possa ser transmitida para terceiros. Você nada pagará por este serviço. No mesmo dia você assinará na SUIPA um Termo de Responsabilidade do Guardião onde você irá se comprometer que não irá perturbar os outros condôminos e irá respeitar as regras do condomínio. Na mesma hora a SUIPA irá lhe entregar uma carta (que terá cópia do seu T.R.G. anexo) para seu síndico. Assim, todos ficarão satisfeitos e as regras serão cumpridas. A SUIPA também coloca na portaria de edificios que aceitam animais um selo com o nome de seu programa. Se você mora em outro estado, entre em contato com a SUIPA que também poderá lhe ajudar.

"Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal,
ninguém precisará ensiná-lo a amar seu semelhante."

Albert Schweitzer (Nobel da Paz de 1952)
topo